Dezembro é a época em que mais se abandonam animais

No Dezembro Verde, Rio lança campanha por adoção de animais. Animais resgatados em tragédia de Brumadinho ainda aguardam adoção

Pets ensaio Natalino

Dezembro é a época do ano em que mais se abandonam animais por conta do período das férias, em que muita gente viaja e não tem com quem deixar os bichinhos. A partir de agora a campanha Dezembro Verde, dedicada a combater os maus-tratos e o abandono dos animais, entra no calendário oficial da cidade do Rio de Janeiro. A lei ganhará dois dias de celebração na Câmara de Vereadores. 

Nesta sexta-feira, 10/12, Dia Internacional do Direito dos Animais, a Cinelândia receberá um evento para adoção de cães e gatos oriundos de abandono, com a participação da Fazenda Modelo, o abrigo municipal gerenciado pela Prefeitura, de ONGs, entre elas a Suipa, e de protetoras.

“A Campanha Dezembro Verde tem um caráter educativo, o abandono não pode ser opção, maus-tratos a animais é um crime previsto em lei, passível de multa e até prisão.  Já passou da hora de nossa sociedade tratar a vida animal com mais respeito”, disse o vereador Dr. Marcos Paulo (Psol-RJ), presidente da Comissão de Saúde Animal da Câmara Municipal e autor da lei.

Sobreviventes de Brumadinho em busca de um lar

Nesse Natal, muitos abrigos de animais também estão com campanhas de adoção. Em Minas Gerais, as festividades de fim de ano inspiraram a equipe da Fazenda Abrigo de Fauna a fotografar animais de estimação disponíveis para adoção com tema natalino. Como os cães Caramelo, Roliço e Berlim e o gato Beto, alguns dos impactados pelo rompimento da barragem B1 em Brumadinho, em Minas Gerais, em 2019.

Eles foram resgatados em áreas de obras ou que estavam em situação de risco nas comunidades e participaram de um ensaio como forma de sensibilizar famílias interessadas em dar a eles um novo capítulo para suas histórias.

De acordo com a Vale, dos animais domésticos resgatados desde 2019, um total de 371 (244 cães e 127 gatos) já foram adotados. Outros 270 (230 cães e 40 gatos) ainda esperam por um novo lar. Segundo a supervisora da Fazenda Abrigo de Fauna, Magda Castro, houve uma queda significativa no número de adoções. Outros 17 animais resgatados foram devolvidos aos antigos donos.

Pets ensaio Natalino
Pets ensaio Natalino – Divulgação/Vale

“No início da pandemia as adoções aumentaram, mas em períodos de fim de ano os números caem consideravelmente e encontramos uma quantidade ainda maior de animais abandonados. Os traumas de um abandono deixam várias cicatrizes na vida de um pet, muitas vezes é necessário a ajuda de um veterinário para reverter esse quadro”, explicou.

Segundo Magda Castro, o abrigo segue recebendo animais, desde que tenham alguma relação com o rompimento da barragem ou provenientes de áreas de risco. Por outro lado, o número de adoções, a devolução de animais ao abrigo tem sido pequena.

“As devoluções são bem baixas, as que ocorreram foi por falta de adaptação do animal ao novo lar, ou mudança da família para um local onde não era permitido ter animais”, contou a supervisora do abrigo.

Processo de adoção

Pets ensaio Natalino
Pets ensaio Natalino, por Divulgação/Vale

Em função da pandemia de covid-19, os eventos presenciais de adoção permanecem suspensos. No entanto, os interessados podem conhecer cada um dos animais na página “Me leva pra casa” (www.vale.com/melevapracasa), que já recebeu cerca de 20 mil visitas.

Em 2021, 95 animais foram adotados. Por ter todo processo on-line, permite a adoção de animais de estimação por pessoas de todo país, desde que possam buscar o bichinho na Fazenda Abrigo de Fauna, em Brumadinho (MG).

“O acompanhamento tem sido de forma online, por meio de fotos, vídeos  do animal e entrevista com o tutor e quando ocorre visitas presencias seguidos todos protocolos sanitários recomendados pelas autoridades é órgãos ambientais”, disse Magda Castro.

Pets ensaio Natalino
Pets ensaio Natalino – Divulgação/Vale

Os veterinários são treinados para realizar entrevistas remotas e todo o processo de adoção pode ser feito à distância. A Vale acompanha o pet ao longo dos seis primeiros meses. A ação faz parte do Plano de Proteção à Fauna, apresentado pela companhia aos órgãos públicos.

Campanha Dezembro Verde no Rio

A programação do Dezembro Verde inclui a iluminação especial na cor verde da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro até sexta-feira. Na quinta (9/12), o Palácio Pedro Ernesto abrirá as portas a partir das 18h30, às protetoras e ONGs de Proteção Animal para o lançamento oficial da campanha e homenagem a quem faz a diferença na defesa da vida animal. Na sexta (10/12), o monumento do Cristo Redentor também será iluminado na cor verde, às 20h30.

Ivana Rodrigues, protetora que denunciou o extermínio em massa dos gatos da Praça Vantuil, em Vila Valqueire e Jackson Ferreira, um dos mais experientes resgatistas de animais do Rio receberão a medalha São Francisco de Assis. E a Suipa, a mais tradicional ONG de acolhimento de animais abandonados do país, receberá a medalha Pedro Ernesto, maior honraria concedida pela Câmara de Vereadores, pelos trabalhos prestados ao longo dos 78 anos da ONG.

Com Assessorias

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais