Dia do Voluntariado: conheça algumas iniciativas do bem

Projeto que leva contação de histórias a hospitais ganha novos voluntários. Veja esta e outras iniciativas no especial sobre projetos voluntários

Redação
Luiz Forti e Maíra participam da contação de histórias nos hospitais (Foto: divulgação)

Levar um pouco de alegria a pessoas internadas em hospitais, clínicas, asilos e outros espaços terapêuticos. Esta é a rotina de milhares de pessoas diariamente em todo o país, que têm, certamente, muito o que comemorar no Dia Nacional do Voluntariado (28 de agosto). Essa data foi instituída em 1985, pela Lei de Nº 7.352. Desde então, tornou-se um dia especial ao reconhecer e destacar organizações da sociedade civil, causas, projetos, programas e pessoas que se dedicam ao voluntariado.

Este ano, a data também marca o aniversário de 22 anos da Associação Viva e Deixe Viver (Viva), organização não-governamental que congrega 1.282 voluntários responsáveis por contar histórias em 91 hospitais do País. Nesta data, a ong vai promover a formatura de 50 novos voluntários no Theatro São Pedro, das 19h às 21h, com um grande sarau literário. A celebração reunirá voluntários, parceiros e apoiadores que fazem parte desta história.

Em sua trajetória, a Viva tornou-se referência no Terceiro Setor, pelo profissionalismo de seus voluntários Contadores de Histórias, beneficiando, neste período, 2,4 milhões de pessoas, entre crianças, seus familiares, profissionais de saúde e público em geral. As inscrições estão abertas para os interessados em participar do evento. Para confirmar presença, acesse o link: bit.ly/encerramento-sacola.

Valdir Cimino, fundador e presidente da entidade, afirma que o trabalho da Viva só é possível graças ao apoio dos voluntários, divididos em 23 cidades de 7 estados brasileiros. “Eles têm o respaldo de uma equipe de 187 pessoas à frente da gestão e administração das atividades da Associação em todo o País. Somente em 2018 atendemos quase 110 mil crianças”, continua.

A bem-sucedida trajetória dos voluntários pode ser comprovada em números. Só no Estado de São Paulo, são 43 hospitais parceiros, que abrem suas portas para que eles continuem levando diversão e alegria. No ano de 2018, foram 8.469 atuações nessa atividade cujos impactos se estenderam a 47.753 familiares, 45.939 crianças e 12.891 profissionais da saúde.

Para se tornar um voluntário da Viva, é necessário frequentar o Curso de Contação de Histórias e Brincar na Saúde e Educação, desenvolvido pela Associação, em 10 módulos, além de capacitações constante. Inscrições abrem em 5 de dezembro 2019 no site da Viva.

Inscrições para palhaços voluntários

O ato de brincar é uma necessidade que deve acompanhar o crescimento da criança, e é com essa preocupação que a ONG Hospitalhaços administra sete brinquedotecas instaladas em pediatrias de hospitais em Campinas, Hortolândia, Sumaré e Recife. Existe grande procura na associação por pessoas que desejam se tornar voluntários, no entanto, gostariam apenas de dedicar seu tempo para o público infantil. Justamente para atender este pedido, acaba de ser aberto o processo seletivo para a adesão de novos voluntários brinquedistas, os quais desejam passar horas de seu dia brincando com crianças hospitalizadas. Para esta vaga, a idade mínima é de 16 anos completados em abril.

A primeira etapa para quem quer participar deste processo seletivo é ler o edital, que está disponível no site www.hospitalhacos.org.br. Nele é possível entender como funciona o trabalho voluntário, ler todo o regulamento, verificar as datas dos cursos que deverão ser feitos, quais documentos são exigidos e todos os contatos para dar andamento, caso a pessoa se identifique com a proposta e tenha flexibilidade de horário para realizar a atividade lúdica.

As vagas são somente para quem mora nas seguintes cidades onde a ONG possuí brinquedotecas: Campinas, Hortolândia, Sumaré e Recife. Mas fique atento! Para voluntários da cidade de Recife, as regras são diferentes e os interessados desta cidade devem ler o edital e enviar um e-mail para gestaobrinquedotecas@hospitalhaços.org.br, manifestando o interesse e aguardando o retorno com as orientações. As inscrições terminam na quarta-feira, dia 28.

Maratona de voluntariado bate recorde em alimentos

Segundo relatório da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o número de pessoas afetadas pela fome no mundo passou para 821 em 2017, frente aos 815 milhões em 2016, em virtude da combinação de preços altos, conflitos e condições climáticas extremas que atingem o planeta. Diante deste cenário, o Instituto Stop Hunger, criado e mantido pela Sodexo no Brasil com o objetivo de combater a fome e a má nutrição, pomoveu sua 11ª maratona mundial de voluntariado da ajuda e do servir , a Servathon 2019.

A iniciativa deste ano, que aconteceu entre os dias 1 de abril e 31 de maio, arrecadou 255 toneladas de alimentos, um resultado recorde. A campanha envolveu mais de 54 mil voluntários, que somaram  cerva de 876 mil horas de trabalho para arrecadar 255 toneladas e beneficiar 316 instituições de diversas regiões do país. O volume representa um crescimento de 18% em comparação ao ano anterior, além de ser a maior arrecadação desde que a iniciativa chegou ao Brasil, em 2009.

Instituto Stop Hunger cadastrou 83 novas ONGs, em diversas regiões do País e na média cada uma foi atendida com cerca de 1 tonelada de alimentos não perecíveis, o que totalizou 316 ONGs beneficiadas. Conheça a lista completa de parceiros e de instituições beneficiadas no website do Instituto Stop Hunger: www.stop-hunger.org.br/servathon19

MAIS BOAS AÇÕES

Coleta seletiva de lixo nas orla carioca é ampliada

Mude sua visão sobre resíduos! Todo resíduo é matéria-prima em potencial para ser utilizada. Foi com esta mensagem que o projeto Recicla Orla chegou nas praias do Rio de Janeiro, em maio deste ano. Uma iniciativa da Orla Rio Concessionária, responsável pela administração de 309 quiosques na orla carioca, em conjunto com a Polen, startup de sustentabilidade especializada na valoração de resíduos, que idealizou o projeto que chegou para revolucionar a forma de descarte e reaproveitamento do resíduo na orla e seu entorno, já que o que é descarte para uns pode ser insumo para outros.

Para celebrar o sucesso e apresentar os dados do projeto, será realizado neste sábado, dia 23, um evento no quiosque Marea, em Ipanema, onde também será lançado no dia o primeiro ponto de entrega voluntária (PEV) do bairro.

O projeto piloto foi lançado na praia do Leblon, com PEVs em cinco quiosques da orla: Café De La Musique, Du Leblon, Varanda, Azur e La Carioca. Durante estes três primeiros meses, foram coletadas cerca de 70 toneladas de resíduos sólidos, dentre eles, mais de 10 toneladas de plásticos, 23 toneladas de papéis e 24 toneladas de vidro ao todo. Segundo a ferramenta de cálculo do GHG Protocol, cerca de 20 toneladas equivalentes de CO2 deixaram de poluir a atmosfera, através da eficácia da coleta e reciclagem do projeto durante este período.

O Recicla Orla é o responsável pela colocação, gestão e operação de pontos de entrega voluntária. Todo o material coletado é reciclado e volta para o ciclo de produção por meio da tecnologia da Polen. Com os PEVs, tanto os frequentadores das praias, quanto os operadores de quiosques passaram a ter uma alternativa sustentável para o descarte de seus resíduos. Mas os pontos de entrega voluntária atraíram, principalmente, os moradores do Leblon, que passaram a descartar seus resíduos nas lixeiras do projeto, antes de suas caminhadas e momentos de lazer na orla carioca.

McDia Feliz agita shoppings cariocas

Neste sábado, 24 de agosto, o McDia Feliz chega a sua 31ª edição. Um  dos grandes destaques da mobilização desse ano será a programação para os restaurantes participantes. No Carioca Shopping, haverá  distribuição de brindes e atividades gratuitas para toda a família durante todo o dia, com apoio da equipe da FM O Dia.

Apresentações de dança e música irão movimentar a loja o dia todo. Porém, a atração mais aguardada chegará às 14h: o ator Kaysar Dadour,  muito querido pelo público de todas as idades e um dos destaques da novela “Órfãos da Terra”, da Rede Globo. Kaysar estará até às 16h no  shopping, que terá ainda a presença da cantora Celle Vieira, do ator-mirim Cauê Campos do DPA e da DJ Danielle Fontenelle. Tudo gratuito.

O restaurante McDonald’s do Carioca Shopping já bateu recorde de solidariedade em  2017, sendo a segunda loja em vendas no Rio de Janeiro. O McDia Feliz, atualmente, é uma das maiores mobilizações em prol de crianças e adolescentes com câncer no Brasil. A campanha é um sucesso   graças à participação de instituições, funcionários, franqueados e fornecedores, além da mobilização de milhares de voluntários que  incentivam a sociedade a abraçar a causa. Para colaborar com a  campanha, basta comprar um Big Mac, no valor de R$ 17,00.

Materiais escolares para alunos carentes

Especializada em turismo compartilhado e multipropriedade, a MVC lançou uma campanha para arrecadar materiais escolares para as crianças do Lar Davis, instituição que tem como foco restaurar e preparar vidas, acolhendo menores em situação de vulnerabilidade.

O resultado dessa ação foi a arrecadação de materiais escolares que foram entregues a mais de 70 crianças da instituição no último domingo (18). A equipe da MVC esteve presente no local para realizar a doação.

Além disso, de acordo com o diretor comercial da MVC, Raphael Almeida, a MVC também realiza doações em dinheiro para a Instituição. Parte da venda de cota de imóvel é revertida para o Lar Davis.

Comemoração pelo Dia do Voluntariado no Rio

Furnas celebra o dia nacional do voluntariado, nesta quarta-feira, 28 de agosto, com evento na sede da empresa, com jovens do grupo Ciranda Ensino Musical, um dos projetos apoiados pela Companhia. Nos últimos três anos, o Programa Furnas de Voluntariado reuniu cerca de 300 voluntários, em 175 ações que beneficiaram aproximadamente 23 mil pessoas, em todos os estados que a empresa atua.

Cesta Verde em Iguatama (mg)

A cidade de Iguatama (centro-oeste de Minas Gerais) tem muitos motivos para comemorar os 15 anos de existência do projeto Cesta Verde da White Martins. Semanalmente, são doadas 250 cestas de frutas, verduras e legumes, cultivados sem agrotóxico nas hortas localizadas na fábrica de carbureto de cálcio da empresa na cidade, situada a 258 km de Belo Horizonte. O projeto, que estimula a alimentação saudável, já distribuiu 250 mil cestas de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade social, colaboradores e instituições da região, desde seu lançamento, em 2004.

Da Redação, com Assessorias

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.