Dia dos Namorados: 10 razões para não deixar passar em branco

Coach de relacionamento lista os principais motivos que explicam porque a data comercial deve ser comemorada entre os casais apaixonados

Redação

Hoje é o dia nacional das fachadas de lojas repleta de fotos apaixonadas e corações, das filas nos restaurantes com preços mais salgados e também nas portas dos moteis. Mas será que o Dia dos Namorados é apenas uma data consumista?

Especialistas em comportamento de casais garantem que não. Para Rosangela Matos (foto abaixo), terapeuta de relacionamento, há muitas razões pelas quais não se deve deixar essa data passar em branco, seja qual for o tempo da sua relação (especialmente as mais longas).

1: O poder do nós

Grupo de amigos, família, trabalho, com tantos compromissos e uma agenda cada vez mais cheia, é difícil priorizar os momentos a dois. Aproveite esse momento para comemorar a dois e não em grupo, vocês tem o resto do ano para sair com casais de amigos ou com os pais, mas nessa data o foco é a relação de vocês, não caiam na armadilha de ir se deixando para depois.

2: Um sofá, eu e você

É tão bom ser ouvida, perceber que o outro está ali não só de corpo, mas também de alma, e juntos compartilhar histórias e relembrar bons momentos. Que tal desconectar do Whatsapp, deixar o celular no silencioso e ter tempo de qualidade com o seu amor?

3: Amor em forma de presente

Nada de fazer dívidas para agradar a pessoa amada viu? Um momento que é para ser lindo não pode virar dor de cabeça, mas um mimo sempre agrada. Use a criatividade para presentear, preste atenção no que importa para outro, no que ele fala, em algo que ele quer muito. Sem exageros, apenas mostre o quanto se importa com ele.

4: Eu te amo um tantão assim

Lembra das juras que foram feitas no início do relacionamento, e que durante dias, não saiam da sua cabeça e te deixavam com um sorriso no rosto? Pois é, nessa data fale o quanto você ama a pessoa que está ao seu lado, e o quanto a relação é importante para você.

5: Hora de esquentar a relação

Com a chegada dos filhos, a correria e os anos que vão passando, o casal vai deixando o chamego, a pegada, a encoxada na cozinha para outra hora, e quando percebem a intimidade não existe mais, o clima esfriou e a rotina está instalada. Que tal uma noite para namorar? O toque produz a ocitocina “hormônio do amor” que faz com que o casal se sinta mais apaixonado.

Rosangela Matos é coach de relacionamento e mudança de vida (Foto: Divulgação)

6: Uma nova chance

As coisas já não vão bem há um tempo, o clima está estranho, mas você  acredita na relação e no amor que sentem um pelo outro?  Se a resposta for sim, essa data pode marcar um recomeço, abra teu coração e não deixe que esse muro aumente ainda mais, se necessário peça desculpas e mostre o quanto está disposta a fazer dar certo.

7: Vamos? Vamos!

As pessoas mudam, os acordos mudam e com isso, o casal precisa caminhar na mesma direção, existe o eu e o nós da relação, o ideal é que existam os meus sonhos, os seus sonhos e os nossos sonhos. Que tal um dia para brindar e comemorar as conquistas, desde as mais pequenas até as mais grandes, e desenhar os próximos passos juntos?

8: Namorados para sempre

Brincadeiras, risadas, um olhar que diz muito, assim são as pessoas que mantém o namoro mesmo depois de muito tempo em uma relação, namorar depois do casamento é uma escolha, é uma prioridade nem sempre fácil, mas que se faz necessária para um relacionamento feliz.  Use essa data para lembrar o quanto o namoro é importante.

9: Se sentir amada

Uma pessoa que se sente amada não quer guerra com ninguém, se você ainda não achou uma boa razão para comemorar, lembre-se da sensação que é estar com quem você ama, fazendo algo especial.

10: Comemore

Dia dos namorados é para celebrar o padre que acreditou no amor e desobedeceu as regras para ajudar pessoas que queriam casar, a festa pagã da Deusa Juno que abençoava casais com muita união, mas a melhor razão para comemorar essa data é o nós, agradeça pela oportunidade de estar mais um dia dos namorados com quem você escolheu para caminhar ao seu lado, reforce o quanto essa pessoa é importante para você. Não importa se vocês vão comemorar em um jantar cinco estrelas, ou no apartamento que lutaram tanto para conquistar, se o presente serão brincos de diamante ou um botão de rosa, nada disso importa se o principal motivo fizer parte, o amor.

ORIGEM DA DATA

O Dia dos Namorados é uma data que todos celebram o amor, mas qual a origem dessa data? Na Roma antiga do século III, o Imperador da época, Claudio II proibiu os matrimônios para que os soldados não tivessem medo de deixar suas famílias e ir para a guerra. São Valentim, que era um bispo católico, desobedecia a ordem imperial por celebrar matrimônios realizava casamentos entre jovens romanos apaixonados da época.

Segundo conta a lenda, quando descoberto, foi condenado à morte por rebeldia no dia 14 de fevereiro de 269, que ficou marcado na história como o Dia de São Valentim, uma homenagem ao mártir e a todos os namorados. “Nessa mesma data já era comemorada o dia de Juno Deusa do Casamento e por isso, para muitos, não passa de um mito”, diz Rosângela.

Mas qual a relação do dia 14 de fevereiro consagrada ao mártir e aos namorados do mundo, com o dia 12 de junho dia dos namorados no Brasil? Uma incorreção histórica, uma rebeldia contra São Valentim?

A realidade é que a data de 12 de junho é apenas uma questão comercial, como a maioria das datas comemorativas a intenção é aumentar vendas e lucros num período de “vacas magras” do comércio. A ideia foi trazida ao Brasil por um publicitário em 1949.

Apenas no Brasil, o Dia dos Namorados é celebrado no dia 12 de junho, no restante do mundo ocidental o dia consagrado aos namorados é 14 de fevereiro, o “Dia de São Valentim” ou Valentine’s Day“.

Muitas pessoas e pesquisadores acreditam também que a origem da comemoração em dia 12 de junho foi estipulada por ser véspera do Dia de Santo Antônio, o Santo Casamenteiro.

Da Redação, com Assessorias

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.