Gentileza gera gentileza e muito mais saúde para as pessoas e o planeta

Neste Dia da Gentileza, conheça iniciativas que colaboram para a sociedade ser mais gentil com o planeta

Redação

Gentileza é o ato, postura ou forma de agir que demonstra cortesia, amabilidade ou atenção; afabilidade, educação ou delicadeza; civilidade, ou urbanidade. Praticar atos gentis no dia a dia é bom não só para quem recebe, mas para quem faz. Este foi o resultado de um estudo divulgado por psicólogos da Universidade de Sussex, no Reino Unido.

Os pesquisadores analisaram imagens do cérebro de mais de mil pessoas que tomam decisões gentis. E perceberam que a generosidade ativa de forma surpreendente a área responsável pela sensação de recompensa. A característica é tão importante que tem um dia próprio, o Dia Mundial da Gentileza é celebrado em 13 de novembro.

Em Goiânia, uma empresa que é conhecida por essa prática junto à sociedade é a Brasal Incorporações. Antes de iniciar qualquer empreendimento a construtora promove alguma ação de gentileza para aqueles que moram ou passam pela região da futura obra. 

Atualmente, a incorporadora instalou e mantém uma praça na Rua T-37, no Setor Bueno, onde futuramente será construído o seu mais recente lançamento, o Moove Home Brasal. Enquanto as obras não começam, o espaço está sendo compartilhado com a vizinhança. Lá foram instalados playground para as crianças, pet place com sacolas e lixeira para que os tutores possam recolher as fezes do animal, academia ao ar livre, pergolado, estacionamento, pia para lavar as mãos e bebedouros, tanto para humanos quanto para pets. 

Já no tapume da obra do Reserva Parque Areião, que está em andamento na esquina da Alameda Coronel Joaquim de Bastos com a Alameda Coronel Antônio Jardim, no Setor Marista, também estão instalados bebedouros com água filtrada e gelada para uso de quem passa na região e seus pets, além de pia para higienização das mãos, as quais foram instaladas com a chegada da pandemia para facilitar a manutenção da higiene de quem transita pelo local.

Para nós é importante que as pessoas tenham bons espaços para convívio em família ou com amigos. Não faz sentido deixar um espaço tão bom ocioso enquanto as obras de um empreendimento aguardam seu início. Por isso, a Brasal estuda o que melhor pode atender a população de uma região para implantar algo de uso comum e que poderá beneficiar a muitos”, ressalta Thiago Galvão, diretor da filial da empresa na capital goiana.

Até o final deste mês, a Brasal Incorporações disponibilizará mais uma ação de gentileza. Será outra praça, que poderá ser usufruída na esquina das Ruas 1.141 e 1.138, também no Setor Marista, onde será erguido futuramente outro empreendimento da construtora. O local contará com pergolado, playground, academia ao ar livre e estacionamento gratuito para o uso de quem passar pela região. Todos os espaços podem ser usados gratuitamente e são mantidos pela incorporadora durante o período que ficam disponíveis para a população.

Há mais de 15 anos, a Vivo mobiliza anualmente milhares de colaboradores em ações de voluntariado no tradicional “Dia dos Voluntários Telefônica Vivo”, projeto que beneficia pessoas de todo o país. Este ano, com as medidas de isolamento social, a empresa reformulou a iniciativa e faz, pela primeira vez, a Semana dos Voluntários, que beneficiará 64 instituições em 50 cidades diferentes com ações de voluntariado online. No Rio, a instituição beneficiada será a Escola Municipal República de Colômbia, com 641 alunos, a maior parte residente nas comunidades de Rio das Pedras, Muzema, Tijuquinha e Morro do Banco.

Até o dia 13 de novembro, cada colaborador pode participar de até quatro ações, entre doações – de livros, objetos e campanhas de crowdfunding – e atividades de capacitação, como palestras sobre carreira, mercado de trabalho e gestão financeira; recreação, como contação de histórias, jogos online interativos e lives musicais; conteúdo, especialmente sobre comunicação e uso de redes sociais das instituições; e atividades manuais, como oficinas de brinquedos, bijuterias, que serão enviadas posteriormente às instituições. Em paralelo, algumas destas instituições também passam por reparos estruturais por parceiros contratados. Os colaboradores se dedicarão, principalmente, a instituições que atuam na área de educação, público prioritário da Fundação Telefônica Vivo, assistência social, inclusão de pessoas com deficiência e saúde.

Em 2019, o programa de voluntariado já oferecia ações digitais, de forma remota ou à distância durante do ano, mas a maioria delas estava focada em intervenções presenciais. Este ano, as ações digitais foram ampliadas e serão utilizadas, principalmente, o Game do Bem, uma plataforma gamificada voltada exclusivamente para missões de voluntariado digital, e Portal dos Voluntários, que centraliza as iniciativas sociais em apoio às instituições apoiadas pelo programa ao longo do ano e organizadas pelo comitês.

O programa de voluntariado é administrado pela equipe da Fundação Telefónica global, com sede em Madri, e promove a ação social das pessoas ligadas ao Grupo Telefónica que desejam contribuir com parte de seu tempo, de suas habilidades e de seus recursos para beneficiar a comunidade e os grupos menos favorecidos.

O Programa de Voluntariado da Fundação Telefônica é hoje uma das principais iniciativas de voluntariado empresarial do mundo, com mais de 39.000 participantes ativos e mais de 976.000 beneficiados. Cada país por meio de sua Fundação realiza seu próprio programa de voluntariado corporativo, levando em consideração as características e necessidades específicas de cada país, nos campos da educação e das crianças, do voluntariado digital, da inclusão social, dos cuidados com pessoas com deficiência, cuidados ambientais, cuidados de saúde, empregabilidade e empreendedorismo.

O programa acontece em 26 países onde há equipes do Grupo Telefônica. No Brasil, o principal diferencial é a estratégia de gestão do programa por meio do modelo de governança, que é formado por comitês de voluntariado, que participam de todo o processo: escolha das instituições que serão beneficiadas; definição e execução do projeto e engajamento dos demais colaboradores. Este ano, foram formados 63 comitês de voluntariado que recebem todo o suporte da Fundação ao longo de todo o ano.

No Brasil, o programa também realizou esse ano outras iniciativas que estimularam os colaboradores a realizar ações de voluntariado. Por meio do “Resgate Solidário”, os colaboradores realizaram missões no Game do Bem e, ao resgatar pontos, o prêmio digital foi convertido em doação em dinheiro para 29 instituições já apoiadas pela Fundação Telefônica Vivo, totalizando uma doação de R$ 530 mil.

A plataforma Vivo Valoriza, voltada para os clientes, também esteve engajada e, por meio de troca de pontuação dos clientes, a empresa arrecadou R$ 20 mil, doados para a instituição APAE Brasil. Um grupo de voluntários também fez ligação para idosos e para jovens com deficiência, ambos de instituições já atendidas pela Fundação Telefônica Vivo, proporcionando um momento de interação social, para minimizar a solidão durante a quarentena, entre outras iniciativas.

Com Assessorias

In the news
Leia Mais