Manter-se conectado a amigos e familiares é tendência para 2022

Criador do Orkut, primeira rede social que engajou brasileiros, lista algumas recomendações de resoluções para 2022

Por Orkut Buyukkokten*

2020 foi um ano difícil para muitos de nós: isolamento devido à quarentena pela Covid-19, perda de emprego, não poder ver amigos e familiares e, em geral, a perda da vida normal. Com o advento das vacinas, 2021 prometia ser um ano melhor. E foi, mas ainda longe do esperado porque a pandemia não acabou e vive uma nova fase em todo o mundo com o avanço da variante ômicron.

Quando o coronavírus ficar para trás, muitas pessoas vão, provavelmente, esquecer muitas coisas. Mas eu acho que é importante que certas lições fiquem vivas dentro de nós. No futuro, quando você parar para pensar nesse momento, será importante pensar no que fizemos durante esses momentos difíceis. Quando a pandemia acabar, o que terá mudado para melhor dentro de você?

Abaixo estão minhas recomendações de resoluções para 2022 e que eu, pessoalmente, vou cumprir. 

  • Manter-se conectado aos amigos e familiares. Durante a quarentena, passei mais tempo falando com minha família e meus amigos, e quando o mundo se abrir novamente, quero continuar aprofundando essas conexões. Tem sido maravilhoso renovar e fortalecer essas relações, e percebi que o que mais importa são as pessoas que amamos e que nos amam de volta.
  • Continuar aprendendo. A pandemia nos deu tempo para nos aventurarmos em novos interesses. O aprendizado contínuo deve ser um objetivo e precisamos arrumar tempo em nossas vidas para esse autocrescimento. 
  • Encontrar novos hobbies e/ou reviver os antigos, que você amava, mas não tinha tempo para eles. Estou  tocando teclado de novo, comecei a desenhar, ler, colorir e voltei às minhas raízes da ciência da computação para programar. Faça uma lista e se jogue!
  • Lembrar-se de encontrar a alegria nas pequenas coisas. Não importa quanto dinheiro você tem, o tamanho da sua casa, que tipo de carro você dirige ou se suas férias são fabulosas. O que importa é a gentileza que você oferece ou recebe, um sorriso que alegra alguém, um “obrigada” para reconhecer o trabalho de alguém, acordar com um nascer do sol lindo ou ver a lua cheia!
  • Sair da zona de conforto. Deixe de lado seus medos e faça coisas que você sempre sonhou em fazer, mas nunca teve coragem para isso. Faça uma aula de improviso, aprenda a voar em um trapézio, cante ou dance como se ninguém estivesse vendo, comece a surfar, use uma camiseta irada com sua calça jeans. Ainda não sei o que eu vou escolher, mas você deve se dedicar esse ano para expandir seus horizontes!
  • Aceitar a diversidade. Converse com alguém com quem você nunca pensaria em conversar, saia com alguém totalmente diferente de você mesmo, leia um livro com um ponto de vista diferente do seu, contrate alguém fora dos padrões, escute outros pontos de vista com a mente aberta.
  • Concentrar-se no que você tem, não no que não tem. Isso faz você perceber pelo que você deve ser grato e o que faz você feliz.
  • Não se preocupar com pequenas coisas. Se este ano me ensinou alguma coisa, foi a não me preocupar com o que não posso controlar e a colocar as coisas com que preciso me preocupar em perspectiva. Todos nós precisamos aprender a bela arte de não dramatizar demais a nossa vida. As coisas sempre dão certo.

E você, quais são as suas resoluções

*Orkut Buyukkokten é o engenheiro fundador da primeira rede social que engajou brasileiros, o orkut.com, e CEO da Hello Network, www.hello.com

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais