Mitos e verdades sobre o chocolate: faz mesmo mal para a pele?

Especialistas explicam a relação entre o cacau e problemas de pele. Dermatologista dá receita de máscara de chocolate para face e pescoço

É chegada a época do ano em que aumenta muito o consumo de chocolates. Essa delícia faz parte do ritual do almoço de Páscoa e crianças e adultos se deliciam com muitos chocolates nesse período.  Mas muitas pessoas têm dúvidas se o chocolate, afinal, faz bem ou mal à saúde. Engorda? É prejudicial à pele? Para esclarecer essas dúvidas, ouvimos alguns especialistas a respeito. Confira:

O cacau é um potente antioxidante, muito rico em polifenóis, que ajudam a prevenir o envelhecimento. Portanto, não é ele o responsável pelos malefícios, mas sim o leite e a gordura saturada que são adicionados a ele no preparo do produto final”, explica a dermatologista Ana Paula Fucci, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD),  da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e da Academia Européia de Dermatologia (EADV).


Segundo a médica, o chocolate ao leite e o chocolate branco devem ser evitados, pois têm alto índice glicêmico, ou seja, fazem o açúcar no sangue subir rapidamente, ocorrendo um pico na liberação de insulina, para compensar. “Esse mecanismo causa o aumento da produção de sebo e da oleosidade da pele, que pode levar ao desenvolvimento ou a piora da acne. Além disso, esse alto teor de açúcar nas células danifica o colágeno e a elastina,  provocando envelhecimento, rugas e flacidez. Chama-se glicação”, detalha Dra. Ana Paula.  


O chocolate pode também ser usado como um aliado da beleza, pois tem um grande  poder de hidratação. “Daí o uso das máscaras de chocolate, que podem ser indicadas para peles muito secas ou fotoenvelhecidas”, destaca a dermatologista.  


O médico Franklin Veríssimo, que atua com medicina estética em Fortaleza (CE), também destaca os benefícios do cacau para nosso organismo.  “O cacau é um rico antioxidante e o chocolate amargo tem também polifenóis que combatem os radicais livres”, explica Dr. Franklin.

Para aproveitar os benefícios do produto para a pele, cabelos e até mesmo unhas é necessário apreciá-lo com moderação, já que é um alimento calórico, rico em gordura e açúcar.  Em doses moderadas e dando preferência ao chocolate amargo, o produto é bom para a pele, pois o chocolate possui  antioxidantes, gorduras boas, vitaminas e minerais 


Os polifenóis possuem fortes propriedades antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres. “Uma das fontes ricas em polifenóis é o chocolate amargo (70% de cacau). O chocolate amargo é um excelente antioxidante”, explica Dr. Franklin.  


A dermatologista Bomi Hong, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), alerta que há estudos mais atuais que destacam que o chocolate pode ser prejudicial à pele.

Já existem estudos conclusivos que mostram que consumo de chocolate pode gerar ou agravar quadro de acne. Isso ocorre porque ele faz subir rapidamente o índice glicêmico e isso, por sua vez, acelera a atividade de alguns hormônios, aumenta atividade de androgênios e dessa forma aumenta a produção de sebo. Esse excesso de sebo entope os poros e provoca o aparecimento da acne”, afirma a médica.

Endocrinologista deixa peso e consciência mais leves

O chocolate é contraindicado para os casos de doenças como diabetes e obesidade? É melhor optar pelo chocolate amargo? Será que ele é menos calórico? A endocrinologista Lorena Lima Amato conta o que é mito e verdade para deixar a consciência e o peso mais leves.

Pessoa com diabetes não pode comer chocolate.

MITO! Claro que pode, inclusive, não só as formas diets. Se a dieta está equilibrada, pratica atividade física, está usando as medicações corretamente e está com o diabetes controlado não tem motivo para restringir o consumo, mas sem exageros.

Comer chocolate todos os dias causa diabetes.

MITO! O que causa diabetes, além da predisposição genética, é o excesso de peso. Então, se o consumo de chocolate leva a pessoa ao excesso de peso, provavelmente pode ser que essa pessoa acabe tendo diabetes. Mas se o consumo é feito em pequenas porções diariamente, mas aliado a isso é feita atividade física todos os dias, mantém uma boa alimentação, equilibrada e de qualidade nutricional e o peso adequado, dificilmente a pessoa terá diabetes. No entanto, é sempre bom conversar com o endocrinologista para avaliar o controle do diabetes e da obesidade.

Chocolate engorda.

VERDADE! É um alimento muito calórico e pode sim contribuir para o ganho de peso.

O chocolate amargo é mais saudável e não engorda.

VERDADE e MITO! O chocolate amargo tem mais substâncias que podem trazer benefícios à saúde, além de promover maior saciedade em relação à vontade de consumir doce. No entanto, muitas vezes é até mais calórico do que o chocolate não amargo. Sendo assim, não está liberado para comer à vontade.

Pessoas com obesidade não podem comer chocolate.

MITO! Podem, sim, desde que estejam dentro do peso estipulado pelo médico endocrinologista, pratiquem atividade física e estejam com a dieta equilibrada.

Existe uma recomendação para a ingestão do chocolate.

MITO! Não existe essa recomendação formal, mas o indicado é consumir em pequenas quantidades para não provocar ganhos de peso e alteração no colesterol.

Aprenda a fazer máscara de chocolate em casa

Dra. Bomi Hong explica que é possível fazer máscara facial em casa, porém destaca cuidados para não contaminar o produto final que será colocado no rosto (higienização é fundamental). Ela recomenda também antes de aplicá-la na face testar na pele ( deixar no braço de 5 a 10 minutos), pois qualquer máscara caseira pode irritar uma pele sensível.  A dermatologista ainda ensina um passo a passo para fazer máscara de chocolate em casa: 

1- Antes de aplicar a máscara, limpe o rosto com água morna;

2- Esquente uma toalhinha por alguns segundos no microondas para expor a pele do rosto no vapor; ajuda a abrir os poros;

3- Misture duas colheres de sopa de cacau em pó sem açúcar , 1 colher de sopa e meia de leite, meia colher de mel e misture bem;

4- Essa mistura pode ser aplicada no rosto e pescoço;

5- Deixe de 15 a 20 minutos e lave o rosto com água;

6- Após lavagem, é recomendável passar um hidratante do tipo sérum no rosto.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais