Outubro Rosa: ações no Rio marcam campanha sobre câncer de mama

Mulheres comandam iniciativas em diversas partes do estado para conscientizar sobre a campanha Outubro Rosa

pérolas em ação

Uma série de atividades marca no Rio de Janeiro a campanha Outubro Rosa, de conscientização sobre o câncer de mama. As ações têm sempre o protagonismo feminino de mulheres que vivenciaram ou vivenciam a doença. Ou mesmo que, de forma indireta, se sensibilizaram com o problema e lançam mão de muita criatividade e solidariedade para mobilizar a população para a prevenção ou contribuir no tratamento de pacientes.

Uma delas é a enfermeira aposentada Maria Venina da Conceição de Araújo, de 71 ano. Ela dá aulas de arteterapia ao grupo de mulheres mastectomizadas criado há 10 anos no Hospital Federal Cardoso Fontes e que hoje com 45 integrantes assíduas. É uma forma que elas encontram novas alternativas de renda pós-mastectomia.

Nesta quarta-feira (4) o movimento faz sua estreia nas ruas do Rio, com a primeira Caminhada do Grupo Amigas do Peito.  A ação alerta a população do Rio de Janeiro sobre prevenção ao câncer. O percurso de três quilômetros começa a partir do hospital, na Avenida Menezes Cortes, mais conhecida como estrada Grajaú-Jacarepaguá.

“Percebemos que há ações desse tipo, como a de caminhadas no Rio, mas todas as que achamos eram pagas pelas participantes. A gente decidiu inovar. Nos perguntamos: por que a gente não faz a nossa? Todas as meninas do grupo toparam, nós mesmas produzimos as nossas camisetas. Queremos mostrar à população a força deste movimento”, ressalta Venina.

Projeto Cinderela 

O mês é marcado por eventos dedicados ao tema no Hospital Federal Cardoso Fontes, programados pelo grupo Amigas do Peito e pela equipe multidisciplinar que atua com as pacientes mastectomizadas. Todas as quartas-feiras de outubro é prevista uma programação especial. “Temos a missão de conscientizar as mulheres que, além dos fatores genéticos que cooperam para o câncer de mama, há outros fatores de risco que podemos evitar, como cigarro e consumo excessivo de álcool”, alerta a mastologista Tainá Moura, que atua no tratamento das mulheres do grupo.

No próximo dia 11, das 9h30 às 12h, é a vez do Projeto Cinderela, uma ação de beleza e valorização voltada às mulheres com câncer. Há no projeto atividades gratuitas, como sessão de maquiagem. O objetivo é devolver a autoestima dessas pacientes. Aberta também aos funcionários do hospital, a ação ocorre na sala de encontro do grupo Amigas do Peito, no Centro de Estudos do HFCF.

Já no dia 18, das 9h30 às 12h, no mesmo local, haverá a Terapia Alternativa Reiki, com os mestres Jader Amadi de Lima e Maria Thereza Garcia. Fechando o mês, no dia 25, das 9h às 12h, o auditório da unidade receberá o evento Outubro Rosa, com palestras que abordarão as perspectivas nutricionais no tratamento, o empoderamento na luta contra o câncer e a importância do grupo de apoio às pacientes com câncer de mama.

Pérolas em Ação dia 14 no Parque Madureira

Iniciado no final de 2013, na cidade de Niterói (RJ), pela produtora cultural Mel Masoni, o projeto Pérolas já é referência no cuidado emocional para pacientes oncológicos, sendo indicado às mulheres em tratamento por profissionais do Inca. No sábado, dia 14 de outubro, às 8h3o,  o Parque Madureira será palco do ‘Pérolas em Ação’, ação global idealizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

O evento promoverá a interação de mulheres pacientes oncológicas com suas famílias e a sociedade, através de informações e atividades para divulgar a importância do cuidado integral da mulher.  No evento deste ano, as atividades previstas são: relaxamento, auriculoterapia, reflexologia, massoterapia, tatuagem, maquiagem, orientação sobre alimentação saudável, orientação sobre câncer de mama e colo de útero, orientação sobre Planejamento Reprodutivo, orientação sobre tabagismo e oferta do teste com monoxímetro, assistência jurídica, aplicação de mechas cor-de-rosa nos cabelos, show musical.

“O Projeto Pérolas ajuda mulheres diagnosticadas com câncer a terem autoestima, empoderamento e qualidade de vida emocional, através de um trabalho sem custo, que mobiliza voluntários das áreas da psicologia, fisioterapia, fotografia, tatuagem, administração e jurídica”, explica Mel.

Papo Rosa dia 23 na Livraria Cultura

A oncologista Sabrina Chagas é autora do livro “Como Estamos: O desafio do câncer de mama”, onde conta a história do seu pai, médico mastologista, que recebeu o diagnóstico de câncer de mama e está curado. Ela se juntou à mastologista Maria Júlia Calas e resolveu sair um pouco da rotina do consultório para esclarecer as dúvidas da população e desmistificar a doença.  As médicas participarão do evento Papo Rosa, que acontecerá na segunda-feira, dia 23, às 17h, na Livraria Cultura, no Centro do Rio de Janeiro.

“Queremos aproveitar esse mês quando o mundo inteiro está mobilizado por essa causa para conscientizar as pessoas que é possível tratar um câncer e que o diagnóstico precoce é o nosso melhor aliado. Por isso, resolvemos promover esse encontro com especialistas da área para falarmos sobre esse assunto, que acomete muitas mulheres.  A informação nos ajuda a evitar mortes precoces em decorrência da doença, que tem cura”, diz Sabrina.

O livro de Sabrina estará disponível na Livraria e acontecerá uma sessão de autógrafos. Também participarão do evento a nutricionista oncológica Paula Prati; a psicóloga oncológica e diretora da Estadual Rio de Janeiro da Sociedade Brasileira de Psico-Oncologia Marcia Stephan, e Day Sant”Anna, do blog Viver Eu Quero. A entrada é gratuita e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail paporosaeuvou@gmail.com ou pela página do evento Facebook.

 Rodas de conversa na Alerj

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) vai promover rodas de conversa durante todo o mês, com especialistas e autoridades de saúde sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce.  Presidente da Frente Parlamentar para o Enfrentamento ao Câncer, a deputada estadual Ana Paula Rechuan (PMDB) lembra que esse é um momento de sensibilizar as pessoas para que conheçam o próprio corpo e se cuidem.  Ela é autora da Lei Nº 7648, que cria os Centros de Diagnóstico de Câncer na rede pública do estado.

“Quanto mais cedo o câncer é descoberto, maior são as chances de cura, por isso a importância de agilizar o diagnóstico. Nós temos Leis que garantem à mulher a reconstrução da sua mama e é importante disseminar essas informações, pois existe toda uma estrutura para acompanhar e tratar a mulher em sua plenitude”, ressalta.

Segundo ela, adotar hábitos simples, como praticar atividade física, não fumar, comer de forma saudável e evitar alimentos industrializados é a melhor forma de evitar a doença. “Além disso é preciso fazer a prevenção para que o câncer seja detectado o mais cedo possível, aumentando as chances de cura. É importante que a mulher apalpe sua mama todo mês, logo depois da menstruação, para perceber qualquer diferença na mama. É importante dizer que o câncer tem cura”, explica.

Na sexta-feira, dia 6 de outubro, o tema é “Desafios e tratamento do câncer de mama: cenário atual e futuro”.  Os outros temas são “Cuidados do câncer nas mulheres privadas de liberdade” (dia 11), “Desafios enfrentados pelas mulheres soropositivas e terapias complementares” (dia 20) e “Cuidados e tratamento em mulheres trans” (27). As rodas serão gratuitas, das 9h às 13h, no Auditório Nelson Carneiro, na Alerj.

Avaliações gratuitas para cirurgias
O curso de Cirurgia Plástica do Departamento de Medicina da PUC-Rio  participa do Outubro Rosa, realizando no dia 24 de outubro, todas as avaliações para qualquer cirurgia plástica feminina gratuitamente, no Serviço de Cirurgia Plástica  da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro. E dia 31 de outubro, no Departamento de Medicina da PUC-Rio (Estrada da Gávea, 36), às 14 horas, será realizada uma roda de conversa de mastologistas, radiologistas,
assistentes sociais  e psicólogos com moradores da Rocinha  e das comunidades do entorno, gratuitamente, sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.
Palestras em supermercado

A rede de supermercados Prezunic promove palestras e outras ações em suas lojas para conscientizar a população sobre os cuidados com a doença. Numa parceria com a Associação dos Amigos da Mama (Adama), a rede promoverá três palestras nas lojas Catumbi, Botafogo e Cachambi, respectivamente nos dias 17, 18 e 20 de outubro. Os temas abordados serão “Prevenção do câncer de mama”, “Importância da família” e “Mitos e verdades sobre o câncer de mama”. Os encontros acontecem a partir das 10h.

Diversas unidades do Prezunic foram decoradas com iluminação em rosa, e colaboradores que trabalham nas frentes de loja utilizam, em seus uniformes, um laço na cor-símbolo da campanha. As redes sociais do Prezunic também são utilizadas durante o Outubro Rosa, por meio da postagem de informações importantes sobre como prevenir o câncer de mama e buscar auxílio, caso a doença tenha se manifestado.

Exposição Cortes Solidários

As empresas do grupo Invepar, em parceria com o Instituto Invepar, prepararam diversas ações ao longo deste mês Para chamar a atenção de funcionários, usuários e parceiros, entre outros públicos, para a importância do diagnóstico precoce da doença. No Rio de Janeiro, o MetrôRio e a Fundação Laço Rosa promovem a exposição fotográfica gratuita “Cortes Solidários”, de Amanda Mol. Até dia 15, a mostra estará na estação mais movimentada do sistema, a Central. Em seguida, irá para São Conrado (16 a 22) e Coelho Neto (23 a 31).

O projeto, com nove painéis, apresenta oito mulheres que vivenciaram a luta contra o câncer. Solidárias, elas aceitaram o desafio de doar seus cabelos para mulheres que passam pelo tratamento da doença. Os cortes de cabelo foram elaborados por hairstylists como Anderson Coutinho, Celso Kamura, Gil Almeida e Rudi Werner. Os funcionários do Invepar se vestirão de rosa e usarão um pin no próximo dia 11 para mostrar apoio à causa contra o câncer de mama.

Transolímpica de rosa

A concessionária Lamsa, que administra a Linha Amarela, está divulgando mensagens de apoio ao Outubro Rosa nos painéis de mensagens ao longo da via, em seu site, no Twitter e no Instagram. A ViaRio, que administra 13 dos 26 quilômetros da Transolímpica, iluminou o trecho entre seus túneis na cor rosa, o que será percebido por cerca de 5 mil pessoas por dia.

Além disso, realiza postagens em redes sociais, que contam com aproximadamente 15 mil seguidores. Internamente, palestras e esquetes sobre o tema serão apresentadas aos colaboradores, e todos os computadores da empresa receberam um wallpaper temático ressaltando a importância da campanha. Já a Concessionária Rio Teresópolis(CRT) iluminou seu prédio na cor rosa e publicou matéria sobre o tema na edição deste mês do Jornal CRT Boa Viagem.

Pernas de pau e Mama Amiga

O figurino das mulheres pernas de pau que se apresentam no Barrashopping é inspirado na mulher através dos séculos (Foto: Mauro Kury)
O figurino das mulheres pernas de pau que se apresentam no Barrashopping é inspirado na mulher através dos séculos (Foto: Mauro Kury)

Quem passar pelo BarraShopping nesta segunda-feira, 9, será surpreendido por artistas em pernas de pau, que homenagearão as mulheres que lutam contra o câncer de mama, além de alertar para a importância do diagnóstico precoce da doença. A ação também contará com profissionais de saúde, que explicarão a forma correta de realizar o autoexame. Vão usar a Mama Amiga, uma ferramenta feita de silicone que simula o câncer de mama, permitindo que as pessoas entendam um pouco mais sobre a prevenção da doença.

O grupo de bailarinos em pernas de pau, composto apenas por mulheres e liderado pela atriz e educadora Raquel Potí (estrela das apresentações artísticas dos Jogos Olímpicos 2016 no Rio de Janeiro), convidará o público a refletir sobre a doença, que só no sistema público de saúde detecta aproximadamente 50% das pacientes já em fase avançada.

Por meio da dança, da música e do figurino inspirado na passagem da mulher pelos séculos, fazendo alusão que o câncer de mama acomete a população há centenas de anos, as pernaltas farão ensaios lúdicos com lenços e vestimentas rosas. Além do Rio de Janeiro, a intervenção artística passará por São Paulo e Brasília.  A iniciativa é realizada pela Roche Farma Brasil em parceria com o BarraShopping e a Sociedade Brasileira de Mastologia – Rio de Janeiro.

Para o especialista Eduardo Millen, presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia – Rio de Janeiro, faltam informações sobre a prevenção e o rastreamento da doença “Diagnóstico precoce é um dos passos para o sucesso do tratamento e da remissão do tumor. As taxas de eficácia no tratamento em estágios iniciais chegam em 95%, porém – infelizmente – é relativamente comum que as mulheres cheguem aos consultórios já com a doença na fase metastática”. , faz parte das ações complementares ao Outubro Rosa e é voltada ao empoderamento feminino e à valorização do diálogo com pessoas que sentem as emoções do diagnóstico e da superação da doença, uma vez que só no Brasil, em 2017, estima-se 56 diagnósticos a cada 100 mil mulheres no país².

 

‘Viver BEM Eu Quero’ na Região Serrana

Em Itaipava, na Região Serrana do Rio de Janeiro, Day Sant´Anna, autora do Blog Viver Eu Quero e vítima de câncer de mama, promove um grande encontro no sábado, dia 7, das 9h às 12h. A ação tem parceria com a casa de festas Tamboatá e diversas empresas, organizações e profissionais locais. Segundo ela, o objetivo é estimular o autoexame e contribuir para uma realidade mais positiva no que diz respeito ao rastreio, diagnóstico e tratamento da doença.

“Desde que fui diagnosticada com câncer de mama, uma das perguntas que mais ouço é ‘Ah, mas você tem algum caso na família, não é?’. Normalmente a pessoa acredita que só se tem o câncer de mama quando há o fator hereditário. Isso é um grande mito e se transformou na desculpa de muitas mulheres para postergar os exames de rastreamento. A maioria das pacientes que teve esse diagnóstico não possui nenhum caso na família. Portanto, qualquer mulher que esteja na faixa etária de rastreamento deve manter os seus exames em dia. O câncer de mama descoberto precocemente tem enormes chances de cura”, conta

A manhã rosa contará ainda com um brunch, cerimonial, cobertura de fotógrafos e cinegrafistas profissionais, cama elástica, atividades infantis, esmalteria, design de sobrancelhas, sorteios, quick massage, dermatologia e serviços de estética. Haverá ainda, elaboração de ‘cartas da alegria’, que serão enviadas para pacientes. A programação é diversificada e oferece possibilidades para pessoas de todas as idades. Desde um quiz, com perguntas que visam esclarecer mitos em relação ao rastreamento e tratamento até um aulão de zumba, com direito a aquecimento inspirado no autoexame de mamas.

Todos os serviços serão oferecidos gratuitamente, de acordo com a possibilidade dos profissionais e a duração do evento. O encerramento ficará por conta da participação do cantor Gabriel Silva, que ficou conhecido nacionalmente pela participação no programa ‘The Voice’. Para participar, basta fazer a inscrição pelo site www.vivereuquero.com/outubrorosa até dia 6 e comparecer ao local na data e horário marcados, com 1 kg de alimento não perecível ou um lenço (tipo echarpe).

As vagas são limitadas e os 50 primeiros inscritos que chegarem ao local ganharão uma surpresa dos organizadores. Já as doações serão encaminhadas, respectivamente,  para a Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos (APPO) e para o Blog Viver Eu Quero, que possui uma campanha permanente de doação de lenços para mulheres que sofrem com os efeitos colaterais do tratamento, perdendo os cabelos, cílios e sobrancelhas.

Mais de 20 parceiros estão reunidos na organização deste que promete ser o maior evento do blog criado pela petropolitana Day Sant’Anna. Além dela fizeram parte da elaboração o empresário Marcelus Fassano, a dermatologista Roberta Perez, que oferecerá diversos procedimentos durante a ação e a maquiadora Rebecca Simas, que estará presente garantindo a ‘make’ de quem desejar.

 

Marcas que apoiam a causa

Neste Outubro Rosa, empresas, governos e outras instituições realizam ações lembrando a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Criado em 1990 nos Estados Unidos e agora popular no mundo todo, o movimento tem como símbolo um laço cor de rosa. Confira o que vão fazer algumas empresas, em adesâo à campanha:
Salão Rosa da Redken – A rede de salões de beleza Redken se uniu à Fundação do Câncer e lança a campanha Salão Rosa. Mulheres que fizerem uma doação para a Fundação do Câncer entre 1º de outubro e o final de novembro ganharão o mesmo valor* em desconto no serviço Escova de Brilho Instantâneo Redken. A ação vai envolver 600 profissionais de beleza em 55 salões participantes do Rio de Janeiro, Duque de Caxias e Volta Redonda, além de outras cidades do país. São elas: São Paulo, Salvador, Fortaleza, Goiânia, Belo Horizonte, Campo Grande, Belém, Curitiba,  Porto Alegre, Campinas e São José dos Campos.

A consumidora interessada em participar da ação deve acessar o site www.salaorosa.redken.com.br e escolher sua doação no valor de: R$ 20, R$ 25 ou R$ 30. No segundo passo, ela escolhe a cidade e o Salão Rosa mais próximo. Com a doação confirmada, recebe um voucher em seu e-mail com todas as informações do desconto e do salão escolhido. Depois é só apresentá-lo no Salão Rosa e receber o desconto no serviço Escova de Brilho Instantâneo Redken.

Após a doação, a consumidora pode compartilhar uma mensagem no seu Facebook convidando outras pessoas a participar também. Todo o valor doado vai diretamente para a conta da Fundação do Câncer e a consumidora tem 30 dias após a doação para ir até o Salão Rosa escolhido receber o desconto.

Força na Peruca –  Apoiar psicologicamente quem passa pelo tratamento de câncer é tão importante quanto os procedimentos médicos. Por isso, pensando nas mulheres que perdem seus cabelos durante a quimioterapia, o “Força na Peruca” é um programa de doação dos fios para a produção de  perucas. Também auxilia a capacitação de moradores em situação de vulnerabilidade social para aprender a produzir as peças com os cabelos doados.

Para fortalecer o projeto de autoexame do seio promovido pela Fundação Laço Rosa, a AccorHotels, líder mundial em viagens e estilo de vida, apoia o programa “Força na Peruca” que contribui na disseminação da mensagem de doação de cabelos, cujo objetivo é confortar o público feminino, principal vítima da doença.

Com o projeto, os alunos aprendem a produzir o acessório por meio de oficinas profissionalizantes de perucaria (especialização na elaboração de perucas e na melhor forma de reaproveitar o cabelo). Por meio de hospedagens, a AccorHotels apoia o Força na Peruca que é um projeto itinerante que roda o Brasil transformando vidas e gerando perspectiva de renda. Parte das perucas é doada à instituição #fortalizese, ligada à causa.

A Accor abre as portas de unidades em Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro e Brasília para a fundação. Quem estiver pelos hotéis ibis, seja hospedado ou aproveitando alguns dos serviços de restaurante, bar e lazer, e quiser participar, as unidades terão uma caixa nos andares para arrecadação de lenços que serão doados a pacientes com câncer de mama para a Instituição Oncoguia.

Valisere – Com o intuito de conscientizar cada vez mais mulheres sobre a importância da mamografia para a prevenção do câncer de mama, a Valisere, criou uma ação nas redes sociais com mulheres reais que já passaram ou ainda passam pelo tratamento do câncer. we.tl/jmaP7WOyvX

Usando peças das coleções Pétala e Cosmopop, nas cores Flora e Amaranto, respectivamente, essas mulheres, enfatizam a importância de realizar o exame. Todas as peças na cor rosa das duas coleções participantes terão parte da sua venda revertida para apoiar a ONG Orienta Vida no projeto Pense Rosa, que leva a conscientização sobre a doença às mulheres carentes, e estarão à venda em todas as lojas da marca até o final do mês de outubro.

Óleo Liza – O óleo de soja Liza, tradicional marca da Cargill, chegará aos mercados de todo o Brasil com um rótulo especial para o mês de outubro. Com o intuito de chamar atenção para a importância da prevenção do câncer de mama, a marca trará informações sobre a campanha Outubro Rosa e dicas para prevenir a doença.

“O câncer de mama tem altos índices de cura quando detectado em estágio inicial. Por isso, queremos utilizar o espaço no nosso rótulo para lembrar nossas consumidoras de cuidarem da saúde, sempre acompanhadas de um médico de confiança”, afirma Clarisse Barreto, diretora de produtos de consumo e food service da Cargill Foods Brasil. O assunto também será abordado na página oficial da marca no Facebook: www.facebook.com/liza.oficial

Da Redação, com assessorias

 

1 Comment
  1. […] Confira aqui outras ações do Outubro Rosa no Rio […]

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais