Rio faz força-tarefa para atender demanda por testes e vacinas

Prefeitura convoca servidores municipais para reforçar equipes em postos de saúde e centros de testagem. Média é de 41 mil testes por dia

O Rio de Janeiro tem realizado em média 41 mil testes para Covid-19 diariamente e quatro dentre 10 dão resultado positivo. O volume de pessoas que têm recorrido à testagem aumenta a cada dia, gerando filas que chegam a oito horas. O grande número de pessoas contaminadas e, consequentemente, afastadas do trabalho, também atinge as equipes da Saúde, que acabam desfalcando o atendimento não apenas na ‘linha de frente’ dos hospitais, mas também nos postos de vacinação e centros de triagem para Covid-19.

Para reforçar as equipes da Secretaria Municipal de Saúde, a partir de agora, funcionários públicos vinculados ao município do Rio de Janeiro, de qualquer área, poderão atuar nos centros de testagem e vacinação da cidade. Para esse trabalho, cada servidor ganhará R$ 100 por dia. A contratação emergencial foi publicada pela Prefeitura do Rio na edição desta quarta-feira (12/01) do Diário Oficial. 

”Funcionários de outras secretarias ou mesmo trabalhadores da Saúde em geral fora de seus horários de trabalho poderão ajudar. Isso já aconteceu no início do ano passado e agora voltamos a precisar dessa ajuda”, explicou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

Ainda segundo ele, embora a rede de atendimento da capital fluminense tenha sido ampliada, há muitos funcionários infectados pela variante Ômicron, fazendo, assim, com que seja necessário buscar profissionais de outros setores para ajudar. ”Já colocamos mais de 1.600 profissionais na rede neste mês de janeiro, mas, infelizmente, temos muitos funcionários ficando doentes e isso dificulta muito toda a nossa operação”, complementou.

Rio já abriu 13 centros de atendimento e testagem

Já são 13 centros de atendimento e testagem de pacientes com sintomas gripais espalhados pela cidade que atendem pessoas com sintomas como febre, calafrio, tosse, coriza, dor de garganta, dor de cabeça, alteração no olfato e/ou paladar, e realizam também testagem para Covid-19, conforme indicação médica.

Nesta quarta-feira (12/01) foram abertas mais duas unidades: uma na Ilha do Governador, na Faculdade Cenecista Capitão Lemos Cunha, no Jardim Guanabara; e outra em Santa Cruz, no Palacete Princesa Isabel, na Rua das Palmeiras. Os centros funcionarão de segunda a domingo, das 8h às 17h.

Os outros 11 centros que já foram inaugurados desde o ano passado pela SMS para atendimento de pacientes com sintomas de síndrome gripal estão localizados nos seguintes locais:

Ciep Doutor Antoine Magarinos Torres Filho (Tijuca),

Vila Olímpica do Alemão,

Parque Olímpico da Barra,

Vila Olímpica de Honório Gurgel,

Policlínica Manoel Guilherme da Silveira Filho (Bangu),

Unidade Ambulatorial Almir Dulton (Campo Grande),

Policlínica Rodolpho Rocco (Del Castilho),

Clube dos Servidores Municipais (Cidade Nova),

Ciep Nação Rubro Negra (Leblon),

Arena Carioca Abelardo Barbosa (Guaratiba) e

Grêmio Recreativo e Esportivo dos Industriários da Penha

Confira a lista completa das unidades e o horário de funcionamento

Com SMS-Rio

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais