‘Segredos da Rainha’: careca por amor à escola e empatia a vítimas de câncer

Giovana Angélica raspou a cabeça para acompanhar a bateria da Mocidade e incentivar a autoestima de mulheres que perdem os cabelos

Giovana Angélica, rainha de bateria da Mocidade, ainda com cabelos. Ela raspou a cabeça para acompanhar seus súditos (Reprodução de redes sociais)

Os quase 300 integrantes da bateria da Mocidade, acompanhados de sua rainha Giovana Angélica, pisam na Marquês de Sapucaí sem um fio de cabelo no cocuruto: rasparam toda a cabeça para celebrar Oxóssi e os bambas de uma bateria que fez história com o saudoso mestre André e é conhecida “Como não existe mais quente”. O enredo “Batuque do Caçador” reverencia o orixá padroeiro da escola de Padre Miguel (subúrbio do Rio): a terceira a desfilar no segundo dia do Grupo Especial, neste sábado (23).

À rainha Giovana não foi solicitado que acompanhasse “o corte” de seus carequíssimos súditos. Mas ela quis fazê-lo. Reuniu-se com a diretoria da Verde e Branco e argumentou que deveria raspar a cabeça também. A máquina zero, então, passou (sem dó) por sua cabeleira. Além de acompanhar a bateria “Mais Quente”, a bela rainha careca quer também incentivar a autoestima de mulheres que perdem os cabelos por doenças ou por quimioterapia.

“A todas que precisaram retirar seus fios por um tratamento médico, FORÇA! A luta e o amor próprio andam de mãos dadas até na dor. Persistam e vençam o olhar sobre si mesmas. Vendo a guerreira na frente do espelho, me sinto honrada por me observar como mulher com a alma imortal. Honro o meu sagrado, honro o meu corpo, honro minhas lutas, honro por minha liberdade”, escreveu ela em seu Instagram esta semana.

O Portal VIDA & AÇÃO entrevistou Giovana com exclusividade para a série Segredos da Rainha. Ela foi muito franca e contou numa pingue-pongue que já usou remédio “para secar”, mas não repete mais a dose porque “foi uma tortura”. Afirma querer viver bem e saudável, bebendo até “uma cervejinha” de vez em quando, e que é preciso ser feliz com o próprio corpo.

Giovana faz balé e pilates para fortalecer a postura de rainha. Banho de mar, acupuntura e um escalda-pés com sal grosso a deixam novinha em folha no dia seguinte do desfile. Para a musa, pisar na Vila Vintém — quadra histórica da Mocidade — é “pisar no solo sagrado”. “Mocidade é uma paixão inexplicável”, suspira.

Segredos da Rainha – Giovana Angélica

O Portal VIDA & AÇÃO está cobrindo o Carnaval no Sambódromo e criou a série Segredos de Rainha, a fim de revelar o que algumas das mulheres mais lindas da Passarela do Samba fazem para nos encantar com seus charme, gingado e ritmo perfeitos sobre saltos altíssimos e exaustivos, envergando fantasias igualmente lindas. Porém, muitas das vezes, desconfortáveis.

Para saber mais sobre uma bonita e decidida rainha careca chamada Giovana é só ler a seguir a entrevista completa.

Quais são suas medidas atualmente – peso, altura, quadril, cintura, busto, coxas – e suas metas (em relação ao corpo) para o Carnaval 2022? 

– 65kg , 1,58, 103 de quadril (restante eu não gravei rs ). A meta é não engordar ao extremo mas me alimentar bem .  

Usa silicone nos seios (quantos ml?)? Já fez outros procedimentos estéticos (quais)? O que pensa a respeito disso?

– Tenho prótese mamária de 300 ml e acho tudo! Valoriza e dá autoestima, quem faz não se arrepende.

Já se submeteu a algum sacrifício acima do normal para ficar de bem com seu corpo ou atender ao que o posto de Rainha exige?  

– Já fiz uso de algumas medicações pra secar e cheguei aos 57 quilos. Mas foi tortura, pois tudo que comia enjoava e não conseguia comer nada. Minha cabeça hoje muda: Não quero ser padrão de corpo pra TV, quero viver bem e estar bem comigo mesma sem pesar na consciência. Tudo bem querer viver uma vida normal sendo saudável e tomar uma cerveja. Tá tudo certo!

Se pudesse, o que mudaria no seu corpo ou na sua aparência?  

– Não quero mudar nada, só cuidar da pele e manter uma alimentação boa, sem neuras.

 O que não teria coragem de fazer de jeito nenhum em nome da beleza e da boa forma? (vale dieta, procedimento estético etc).  

– Não tiraria costela pra afinar cintura, se nasci com ela é porque é necessário pra sustentar coluna e base óssea do corpo.

Para chegar à Avenida mais ‘sequinha’, aderiu a alguma dieta especial? É preciso se privar de muita coisa para manter o corpão de rainha? O que você mais gosta de comer e não pode? 

– Tento evitar gordura, mas amo doces e manter uma rotina de cárdio ajuda a ganhar resistência e queimar calorias.

 Como é sua rotina de malhação e como é intensificada para o Carnaval? O que faz para ter coxas, barriga e bumbum invejáveis? 

– Agora somente pilates, aeróbicos e ballet, pra ajudar na postura.

 Por quanto tempo seguido você já teve que sambar no salto alto e sem perder a linha? Como cuida dos pés? 

– Sambar de salto é um desafio grande, às vezes 1 hora, 1:30 segurando a postura não é fácil. O pés precisam de um cuidado maior quando chega essa época intensa, um escalda-pés com sal grosso e massagem ajudam a aliviar tensões.

Giovana Angélica, rainha de bateria da Mocidade, raspou a cabeça para acompanhar seus súditos (Reprodução de redes sociais)

Além da beleza, quais são os principais atributos que uma rainha de Carnaval deve ter? 

– Carisma, respeito pela comunidade, parceria, dedicação, vontade de aprender e, claro, samba no pé.

O que faz para manter a energia durante tantos ensaios e também no dia do desfile? Tem alguma ‘receita energética’ de estimação? E para se recompor no dia seguinte?  

– O samba na voz do Wander Pires já é pura energia, ele é o próprio energético (kkkk) e com a NEMQ é impossível ficar parado. No dia seguinte, procuro fazer massagem relaxante, acupuntura, banho de mar, revigora tudo!!

Explique, em poucas palavras, sua paixão pelo samba, pela escola e pela Sapucaí: E qual a sua expectativa para este desfile? 

– Mocidade é uma paixão inexplicável. É um mix de emoções pisar no solo sagrado da Vila Vintém. É pisar no berço onde se criaram e renomearam os bambas da zona oeste. Sapucaí só é a extensão do amor pelo samba e o carnaval a porta de expansão pro mundo inteiro enxergar nossa cultura com respeito.

O que acha da polêmica entre rainhas da comunidade x rainhas celebridades? 

– Acho que cada um escolhe o seu caminho e ponto. Se é agregadora para a escola independentemente de ser famosa, que seja um elo de parceria e respeito com a comunidade. Seja íntegra nas ações.

Você mantém ou incentiva projetos sociais relacionados ao samba, juventude ou outros? Pode falar mais a respeito dessas e outras ações? 

– Já estive envolvida em alguns, quando estava no Brasil direto. Mas, agora, em uma vida paralela entre Rio e  Nova Iorque fica difícil assumir compromissos. Não sou de fazer nada pela metade: pra fazer eu me entrego muito.  Então demanda tempo. Mas tenho muitas coisas ainda que desejo fazer e estão na minha lista de realizações. Muitas delas voltadas às mulheres e crianças.

Pode deixar algumas dicas de beleza e bem-estar para as leitoras e seguidoras do ViDA & Ação – especialmente para as foliãs que querem ficar ‘com tudo em cima’ para aproveitar o Carnaval, depois de tanto tempo de isolamento/distanciamento social? 

– Manter o autocuidado com alimentação durante a semana, estar sempre de bem consigo mesma, independentemente da idade e peso. Seja feliz com seu próprio corpo, pois todas nós somos especiais do jeitinho que somos! Amor próprio é vida! E seja feliz!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais