Semana de Prevenção de Quedas marca o Mês do Idoso

Durante o período de pandemia, a queda nas residências, especialmente de pacientes mais idosos, tem sido um dos pontos de grande atenção da GSC Integradora de Saúde. Guardar um objeto no alto, não acender a luz à noite ou mesmo uma cadeira fora do lugar podem causar quedas e gerar uma série de ocorrências como fraturas, internações, perda de mobilidade por um ombro enfaixado ou até a colocação de próteses, o que muda radicalmente a vida das pessoas.

De olho neste cenário, a GSC promove de 19 a 23 de outubro a Semana de Prevenção de Quedas e lança a campanha #FiqueFirme, direcionada a colaboradores, profissionais da Rede GSC e aos pacientes. A fisioterapeuta do time de quedas da GSC, Laura Vernier, lembra que o aumento das quedas muitas vezes tem origem no avanço da idade e as alterações fisiológicas que a pessoa sofre em decorrência disso. “Por isso é importante termos todas as notificações de eventos adversos considerados moderados e graves para tratar caso a caso”, diz.

A médica Carolline Atta lembra ainda que um dos maiores medos da pessoa ao envelhecer é depender de outra pessoa. “Uma queda pode gerar uma baixa qualidade de vida, sem falar em depressão, osteoporose e uma série de outras doenças. Por isso é importante trabalhar a prevenção sempre.”

Soluções para o envelhecimento saudável

A ESPM Social de Porto Alegre, núcleo com ênfase em ações e projetos sociais, em parceria com a ISEDC/Unesco, agência internacional da ONU, promovem o ONU Social Challenge Hackathon, que acontece durante o ESPM Reload , nos dias 21, 22 e 23 de outubro. O evento, online e gratuito, traz mais de 30 atividades, entre aulas, workshops, palestras e mostras científicas, para estudantes e profissionais do mercado.

O tema do hackathon é promover soluções para o envelhecimento saudável. De acordo com a ONU, a proporção de pessoas com 60 anos ou mais deve duplicar até 2050, alcançando cerca de dois bilhões de pessoas nessa faixa. O desafio terá duração de 24 horas, com início às 21h do dia 21 de outubro e término às 21h do dia 22 de outubro. Poderão se inscrever estudantes de graduação de todo o Brasil – categoria Sênior, e estudantes do ensino médio de todo o Rio Grande do Sul – categoria Júnior.

Além das categorias Sênior e Júnior, o desafio conta com cinco tópicos que podem ser escolhidos pelas equipes, composta por 3 a 5 pessoas: Saúde Mental, Bem-estar Físico, Beleza Universal, Criatividade e Inclusão Digital. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do evento: http://reload.espm.edu.br .

Os três melhores projetos de cada categoria serão incubados por três meses na START Incubadora da ESPM, para receber mentorias de profissionais de mercado e orientação específica sobre o desenvolvimento de carreira para os integrantes das equipes. Outros prêmios serão divulgados na abertura do evento, com foco no desenvolvimento e na potencialização das soluções criadas.

Com Assessorias

In the news
Leia Mais