Uma gravidez não substitui outra: como lidar com a dor da perda de um bebê

Bebê prematuro, filho de Whindersson Nunes, não resiste. Especialista avalia enfrentamento do luto e esperança de nova gravidez para as mães

Whindersson Nunes e Maria Lina: primeiro filho do casal nasceu com 22 semanas e não resistiu (Reprodução de Internet)

Não importa quantos meses, quantos dias, quantas semanas. A dor é a mesma. “Uma gravidez não substitui a outra, uma pessoa não substitui outra. A mãe pode ter dez filhos, mas ela sempre vai se lembrar disso”, reflete Marisa Lima, especialista em cuidados paliativos da Doutor Cuidados, ao avaliar a dor de Maria Lina, mãe de João Miguel, o primeiro filho do humorista Whindersson Nunes. O bebê nasceu prematuro de 22 semanas no sábado, 29, ficou internado na UTI e morreu na madrugada desta segunda-feira (31).

Ela comenta sobre as principais diretivas do cuidado paliativo com mães que perderam os seus bebês prematuramente. “A biografia da mulher é o primeiro passo a ser dado, porque é muito importante entender o caso como um todo. O porquê ela quis ficar grávida, como foi, etc. Muitas mulheres se perguntam: ‘porque aconteceu comigo?’. O acolhimento à essa mãe é muito importante. Depois, deve-se trabalhar o enfrentamento e, por último, a esperança ”, diz Marisa.

Segundo a especialista, mães que perdem seus bebês precocemente podem vir a sofrer de depressão e por isso podem precisar ser medicadas por um especialista. “Quem cuida do dia a dia é o psicólogo. O enfermeiro vai orientá-la nessa questão dos cuidados clínicos. E o assistente social, trará a esperança. Não existe cuidado paliativo sem uma equipe multidisciplinar: assistente social, enfermeiro, psicólogo e o médico’’, explica.

Marisa ainda menciona sobre a importância do apoio nesse processo de luto, porque a mulher tem que vivenciar cada passo para alcançar um recomeço. ‘’A mulher tem que finalizar esse ciclo. O necessário é fazer um estudo genético para saber o que aconteceu de fato. Sempre fazer um check up antes de engravidar. Temos que usar essa tecnologia ao nosso favor’’, pontua.

Ela pode ficar grávida de novo. Mas o primeiro passo é enfrentar esse processo. O corpo está pronto porque foi feita uma curetagem. O útero vai passar 40 dias pelo processo de degeneração das paredes, mas ele está limpo, não há nada que possa atrapalhar uma fecundação. Sem falar que ela ainda tem uma taxa de hormônios que ainda está alta e isso acaba possibilitando a questão da ovulação e fecundação”, finaliza a especialista.

‘Você é a estrelinha mais brilhante do céu’, diz Maria Lina

No Instagram, Maria Lina escreveu um texto para João Miguel.

“Filho, te conhecer foi o momento mais magico e especial de toda minha vida. Pegar na sua pele, sentir seu calor, olhar seu rostinho, te parir, todos esses momentos vão ficar pra sempre na minha memória e na do seu pai como os melhores da nossa vida. Estou despedaçada, sua falta aqui comigo causou um buraco no meu peito que não se fechará nunca. Você é a estrelinha mais brilhante do meu céu, a coisa mais linda e incrível que já me aconteceu. Você é meu norte, minha direção, e pra sempre será meu maior amor. Eu e o seu pai lembraremos de você e das milhares de vezes que você nos trouxe felicidade dentro da barriga e nesse um dia de vida que você esteve conosco aqui fora. Obrigada meu João Miguel, você é tudo que a mamãe e papai sempre sonharam, obrigada por nos ensinar tanto sobre o amor. Com carinho, Maria e Whindersson.”

Publicação de Maria Lina (Foto: Reprodução/Instagram)
Publicação de Maria Lina (Foto: Reprodução/Instagram)

Ao falar sobre o nascimento do filho, o influencer de maior audiência no Brasil, com mais de 42 milhões de seguidores no Youtube e mais de 51 milhões de seguidores no Instagram, fez uma homenagem em tom de desabafo, usando trechos bíblicos. “Deixai vir a mim os pequeninos, porque deles é o Reino dos Céus. Mateus 19:14”, escreveu o humorista no Twitter. “Filho, escrevi essa música no hospital, queria que você ouvisse na sua saída, atestando o maior milagre. E você saiu, não pra casa, mas pra melhor casa, ao lado do melhor”, escreveu no Instagram.

Ainda no Instagam, o humorista escreveu sobre comentários maldosos que tiveram seu filho como alvo nas redes sociais.

Desculpa as pessoas falarem de você, tão pequeno, sem nem poder se defender. Eu realmente tento entender. Talvez seja um dos motivos d’Ele ter suado sangue na oração do Getsêmani, deve ser muito difícil amar toda a humanidade até o último segundo, amou tanto que pingava sangue do seu corpo, de tanto amor por nós. E eu tento não odiar quem desejou mal ao meu filho, mas eu sou humano, meu coração parece que vai sumir pra dentro e engolir meu peito”, acrescentou.

Whindersson Nunes mostra mãozinha do filho (Foto: Reprodução/Instagram)
Whindersson Nunes mostra mãozinha do filho (Foto: Reprodução/Instagram)

  

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais