Virada de mesa: chef vence o câncer com alimentação saudável

Dentista por formação e cozinheira por vocação, Paula Martins passou a desenvolver receitas glúten free e mudou seu corpo em quatro meses

Redação
Paula Martins venceu câncer com alimentação gluten free Paula Martins venceu câncer com alimentação gluten free

Era quimio na segunda e cursos durante os finais de semana. A energia dos alunos e a busca por mais conhecimentos e receitas fizeram com que Paula Martins vencesse a batalha contra o câncer e se tornasse a chef glúten free mais conhecida no Brasil. Dentista por formação e cozinheira por vocação, ela descobriu em julho de 2014 um câncer de mama após seu exame anual preventivo, diagnóstico avassalador para quem se encontrava no auge da vida. Conheça a história de Paula na segunda matéria da série Câncer, em homenagem ao Dia Mundial de Combate ao Câncer (8 de abril).

Após receber a notícia, meu chão sumiu, chorei horrores, porém eu cheguei em casa e fui preparar minha receita para postar na rede social como já era de costume e isso foi extremamente importante para mim, percebi o quanto eu queria estar ali e continuar a fazer o que gostava, isso começou a fazer realmente sentido para mim”.

Guerreira e determinada foi sua nova alimentação assim como o amor e dedicação ao seu trabalho que a ajudaram o superar mais esse obstáculo. Era quimioterapia na segunda-feira e curso no sábado. A batalha da chef ia além de vencer o câncer.

“Com a quimio, a comida perde o sabor e isso virou um desafio para mim, tinha cada vez mais vontade de investir o meu tempo para descobrir como fazer pratos mais saborosos para as pessoas que estava na mesma condição que eu. Eu sabia que poderia ajudar as pessoas com tudo o que estava acontecendo. Tudo o que eu descobria, ficava extremamente feliz e queria compartilhar com o público. Acho que esse amor foi o que fez crescer tão rápido a aceitação de minhas receitas”, conclui.

Especialista em gastronomia funcional

Foi depois de receber e ler um livro que Paula decidiu mudar seus hábitos alimentares e compartilhar nas redes sociais por motivação pessoal. Foram quatro meses em que os seguidores puderam acompanhar o emagrecimento e a definição de seu corpo. Essa história começou a crescer e Paula foi estimulada por seus seguidores a continuar postando sua rotina e algumas receitas no perfil @viversemtrigo no Instagram.

Com muita pesquisa sobre o assunto, Paula tornou-se especialista em uma gastronomia sem glúten, saudável, ou seja, funcional. Aprendeu tudo sobre farinhas, suas substituições, índice glicêmico, retirada do açúcar e intolerâncias. A chef funcional percebeu que as pessoas gostavam de vê-la cozinhando, queriam entender mais sobre os ingredientes, combinações e a desmitificar as receitas saudáveis.

Durante todo o período em que Paula compartilhava as suas receitas e sua batalha, seus seguidores cresciam assustadoramente e ela tornou-se referência no mercado, tanto para quem admira suas receitas, como para pessoas com intolerâncias à glúten ou a lactose. A batalha foi vencida, graças ao exame de mamografia anual que ela realizava. E chef glúten free ficou mais requisitada e virou referência em cursos, palestras e consultorias sobre gastronomia funcional.

Sei da importância de fazer os exames e tenho a certeza que foi isso que salvou a minha vida. Essa é a lição é a que tento passar em cada lugar que sou chamada. Quando o nódulo é descoberto no começo o sucesso do tratamento é superior a 90%. Não é nenhum bicho papão! Eu sou a prova, literalmente viva disso”, afirma Paula.

Sucesso em todas as mídias, ela quer mais, e com o objetivo de espalhar suas delícias para um publico ainda maior, a culinarista acaba de lançar seu canal do youtube que em pouco tempo passou de 50.000 inscritos e 500 mil views.

Fonte: Viver sem Trigo

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.