15 dicas para evitar o desperdício de alimentos e poupar o planeta

Reunimos dicas de especialistas para combater o desperdício de alimentos no dia a dia, cuidar da saúde do planeta e ainda ser solidário

Desperdício de alimentos (Imagem de Jasmin Sessler por Pixabay)

Um dos maiores problemas que assolam o mundo é o desperdício de alimentos. De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, cerca de 1,3 bilhão de toneladas se perdem ou vão para o lixo, impactando a insegurança alimentar no mundo, número que corresponde a um terço de todos os alimentos produzidos globalmente.

É um cenário difícil de entender especialmente quando temos a sorte de ter comida na geladeira ou na despensa sempre que sentimos fome. Mas esse privilégio também pode nos inspirar a fazer escolhas mais conscientes.

Uma pesquisa conduzida pela Herbalife Nutrition nos Estados Unidos sobre dietas a base de plantas mostrou que 40% das escolhas alimentares dos entrevistados são motivadas pelo interesse em ser mais ecologicamente correto. Reduzir o desperdício de alimentos é uma ação adicional e simples que pode ter um grande efeito.

Poucas pessoas têm conhecimento, mas aquele resto de comida no prato, que vai para o lixo depois do almoço ou do jantar, afeta de forma negativa a cadeia de produção alimentar no planeta. Dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) revelam que todo o alimento, ao ser descartado, precisa de outro para ser substituído.

Assim, a consequência do descarte é direta porque toda a cadeia de produção e distribuição de alimentos necessita de água, terra, adubos minerais, pesticidas, energia elétrica e combustíveis fósseis.

Saiba o que o desperdício de alimentos pode causar no planeta:

– Maior consumo de água.

– Uso de espaços maiores de terra para produção de alimentos.

– Aumento dos gastos financeiros para a produção de alimentos.

– Maiores gastos com logísticas de extração e distribuição.

– Menor consciência sobre a situação de insegurança alimentar em que diversos países estão atravessando.

Leia mais:

Brasil é destaque em ranking de desperdício de alimentos

12 dicas para reduzir o desperdício de alimentos

Desperdício de alimentos contrasta com deficiência de nutrientes

10 dicas para reduzir o desperdício no dia a dia

Para ajudar a mitigar essa questão, a chef e nutricionista Carina Muller, uma das embaixadoras do movimento Stop Food Waste Day, compartilha algumas dicas de como reduzir o desperdício de alimento no dia a dia:

• Comprar a quantidade adequada para o seu consumo – Esse é o primeiro passo para melhorar o desperdício de alimentos. É melhor repetir um prato do que jogar alimentos no lixo.

• Buscar utilizar folhas, sementes e cascas em receitas diversas – Muitas sementes, folhas e talos que geralmente jogamos fora são ricos em nutrientes e ficam muito saborosos em diversas receitas. Procure usar os alimentos por inteiro sempre que possível. Para isso, prefira sempre os orgânicos e lave-os com cuidado.

• Colocar no prato somente o que vai consumir – Isso vale para as refeições dentro e fora de casa. Sirva-se em quantidades menores e, se ainda estiver com fome, repita. Assim, você evita deixar aquele restinho de comida sempre no prato. Evite também o exagero ao servir as crianças. Comece com pequenas porções para evitar que sobre muita comida no prato dos pequenos.

• Tenha uma horta em casa – mesmo em apartamentos é possível! – Cultivar uma pequena horta ajuda a ter alimentos e temperos sempre frescos e usar apenas a quantidade necessária. Quantas vezes você comprou um maço de manjericão e usou apenas algumas folhas? Com a plantinha em casa, você colhe apenas o que vai usar. Muitas sobras de vegetais e frutas podem ser plantadas, como o alho-poró, cebolinha, alface, alho e abacaxi. O lixo orgânico também pode ser usado para fazer compostagem e adubar sua horta.

• Esteja atento às datas de validade dos produtos – Existem aplicativos que ajudam a acompanhar as datas de validade dos produtos que temos em casa. Fique de olho e crie receitas para aproveitar os alimentos próximos do vencimento.

• Organize os alimentos para facilitar a visualização de tudo o que está na despensa e na geladeira. A organização é um passo importante para evitar o desperdício de alimentos.

• Organize o consumo da semana – O planejamento é um ponto fundamental para evitar perdas de alimentos. Além disso, ele otimiza a criação e diversificação dos pratos.

• Dê uma chance aos alimentos feios – Muitas frutas e legumes, apesar de frescos e saborosos, acabam na lata do lixo por não serem bonitos. Valorize também esses produtos, que inclusive costumam ser vendidos com desconto.

• Use e abuse das PANCs – As plantas alimentícias não convencionais (PANCs) são aquelas que, apesar de serem comestíveis, não são muito usadas como alimento. “É o caso da azedinha, rica em vitaminas A, B C e sais minerais, e da ora-pro-nóbis, rica em fibras, ferro, proteína, vitaminas e aminoácidos essenciais”, afirma Mara Baggio, nutricionista da GRSA.

• Tenha uma lista de compras -Uma família brasileira joga fora cerca de um terço dos alimentos que compra. A partir do planejamento das refeições, faça uma lista e compre apenas o que você sabe que será consumido.

5 maneiras de evitar o desperdício de alimentos e ajudar o planeta

Por Susan Bowerman*

Existem várias maneiras de reduzir o desperdício de alimentos e viver de forma mais sustentável. Confira cinco delas:

• Planeje com antecedência

Preparar refeições nutritivas para a semana ou planejar o menu do próximo encontro em família são ótimas maneiras de garantir que você prepare apenas a comida que irá consumir e evitar servir quantidades além do que seus convidados podem comer.

• Considere cozinhar com ingredientes mais sustentáveis

As pessoas estão buscando dietas baseadas em vegetais por muitas razões. Dentre elas: saudabilidade, perda de peso e preocupação com o meio ambiente. Para aqueles que estão começando, um cardápio flexível, baseado principalmente em vegetais com a inclusão ocasional de carnes, aves, peixes ou ovos, pode ser um bom início e é uma ótima maneira de manter uma dieta saudável e equilibrada. Ao mesmo tempo, ajuda a proteger o meio ambiente, reduzindo a energia e os recursos que a produção da carne vermelha requer.

• Proporcione adequadamente o alimento em seu prato

Deixe as panelas sobre o fogão e se sirva na cozinha. Este simples hábito evita a sobra de alimentos no prato. Com os pratos servidos na mesa é muito mais fácil colocar “apenas mais uma colherada”, que pode acabar sobrando. Aliás, os restos deixados no prato são uma das maiores fontes de desperdício de alimentos que acabam no lixo. Isso ainda ajuda a controlar as porções.


• Reaproveite os alimentos que estão prestes a estragar

Existem muitas maneiras de aproveitar os alimentos perecíveis, mesmo quando eles começam a parecer um pouco “tristes”. Quando seus tomates ficarem moles demais para serem usados na salada, considere transformá-los em molho caseiro. As bananas estão ficando marrons e moles? Descasque e congele para usar como ingrediente saudável para preparar deliciosos smoothies! Sopas, refogados ​​e saladas também são ótimos pratos que podem incluir diferentes ingredientes com vida útil mais curta.

• Doe o excedente para quem precisa

Quando for organizar a despensa, considere doar os alimentos não perecíveis extras para bancos de alimentos e instituições de caridade locais. E da próxima vez que for limpar a geladeira, o freezer ou a despensa, preste atenção no que você jogou fora e faça um esforço para reduzir o desperdício de alimentos no futuro.

*Diretora sênior global de Educação e Treinamento em Nutrição da Herbalife Nutrition

Com Assessorias

In the news
Leia Mais