Veja quatro dicas para uma amamentação mais confortável e sem dor

Aleitamento exclusivo até os seis meses de idade é essencial para o desenvolvimento saudável do bebê, especialista dá dicas para tornar esse momento mais acolhedor

Nos seis primeiros meses de vida, a amamentação exclusiva e em livre demanda é essencial para nutrir e proteger o bebê contra infecções e doenças. O leite é constituído de anticorpos, proteínas, lipídios, vitaminas A, B12, C, D, E e K, água, cálcio, potássio, sódio, cloro, ferro, zinco, fósforo, riboflavina, tiamina, ou seja, é um alimento completo, equilibrado e suficiente para o bebê.

Mesmo sendo tão essencial nessa primeira fase da vida, dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) apontam que somente 39%  das mães utilizam o leite materno como alimentação exclusiva para os bebês até os seis meses de idade, no Brasil. Anna Lygia Barbosa Lunardi, especialista da Associação Brasileira de Fisioterapia na Saúde da Mulher, afirma que o conforto durante a amamentação é essencial para estimular as mães passarem por esse ciclo, garantindo a saúde do bebê.

É muito importante que a mãe se sinta confortável e segura durante a amamentação, esse é um fator que incentiva a prática e encoraja a mulher. Os profissionais da saúde são muito importantes para dar suporte físico e emocional nessa fase como orientações sobre amamentação, melhores posturas, formas de como aliviar tensões nos ombros e na coluna cervical, orientações de como avaliar a pega do bebê durante a mamada e o cuidado com as mamas durante a amamentação e a ordenha”, afirma.

Para estimular a amamentação e fortalecer esse vínculo entre mãe e filho a especialista, que é a preceptora/supervisora de estágio em Fisioterapia na área de saúde da mulher pelo Unimetrocamp, separou quatro dicas para tornar esse momento acolhedor e confortável para ambos.

  1. Escolha um ambiente tranquilo

A amamentação pode ser feita em locais diferentes da casa, não é necessário ter um local fixo, o importante é que seja um ambiente calmo, bem iluminado e que traga conforto. Procure deixar próximo de você os objetos que você possa precisar enquanto amamenta, como o telefone.    

2. Adote uma boa postura durante a amamentação

Em um sofá, cadeira ou poltrona a mãe precisa estar em uma postura confortável, com os pés apoiados no chão, costas apoiadas no assento, joelho a 90º e quadril flexionado a aproximadamente 100º. A almofada de amamentação ou travesseiro é um item muito importante nesse momento, ele ajuda a mãe a manter o braço e o cotovelo apoiados, distribuindo o peso do bebê, sem que ela precisar forçar o ombro ou tensionar sua musculatura. A cabeça da criança deve ficar em seu braço e o corpinho encostado na mãe.

3. Faça alongamentos e exercícios físicos

Durante a amamentação as mães ficam por muito tempo em uma mesma posição, por isso é essencial fazer alongamentos durante o dia. Movimentos circulares com o pescoço e ombro, sequência de alongamentos para a coluna, braços e mãos são os mais indicados para que a mãe consiga relaxar sua musculatura. Fazer caminhadas ou exercícios que subam e desçam o tornozelo também são ótimas opções que melhoram a circulação e desincham o corpo.

4. Verifique se o bebê fez a pega correta

Durante a amamentação é importante ficar atenta se o bebê está fazendo a pega correta do peito. A boca precisa estar em formato de peixinho, com os lábio virados para fora, bochecha cheia e o nariz precisa estar livre, sem paninhos por cima. A pega correta é importante para alimentação do bebê e para evitar fissuras no mamilo.

LEIA MAIS – AGOSTO DOURADO

Apoie o aleitamento materno por um planeta saudável

Bebês no Brasil são amamentados após os 6 primeiros meses

Por que é importante doar leite materno na pandemia?

Maioria dos pais quer acompanhar fase de amamentação

4 dicas para uma amamentação mais confortável

Com Assessorias

Por Favor, Compartilhe!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais