Carnaval também faz bem para o corpo e para a cabeça

Psicanalista Andrea Ladislau fala sobre os efeitos psíquicos positivos do Carnaval. E lembra alguns cuidados valiosos para esses dias

Por Andrea Ladislau*

O Carnaval é momento de relaxar e deixar de lado a racionalidade do dia a dia, dando vazão à fantasia que reside internamente em cada um de nós.  Do ponto de vista psíquico, o Carnaval tem uma função muito positiva, pois é o momento em que se deixa de lado a censura moral, social ou religiosa, para vivenciar aquilo que normalmente não nos permitimos.

Mas é de extrema importância que os excessos sejam evitados, para que não seja preciso conviver com consequências desagradáveis, trazendo desta forma um sofrimento que poderia ser evitado. 

Repare bem nas pessoas que estão se divertindo no carnaval. Nos blocos de rua, nas festas, na rua, na avenida, na arquibancada, com ou sem fantasia. Estão lá porque querem. Mais que isso. Estão lá porque gostam.

E o que move o carnaval é a alegria, o riso, a gargalhada, a brincadeira, o humor, a música, o alto astral. Além disso, o carnaval também nos faz dançar, andar, pular, brincar. Nos exercitamos o tempo todo.

E quais efeitos será que este estado de ânimo físico e de espírito geram no nosso corpo?

O exercício físico e o riso são, individualmente, terapêuticos. Imagine quando estão juntos, simultâneos, como ocorre no carnaval. Quando estamos alegres e damos uma risada sincera, aberta, gostosa, contraímos os músculos da face. Alegria, risada solta e exercícios promovem a liberação das endorfinas, que são os neurotransmissores que nos dão uma incrível sensação de bem estar físico e mental.

As endorfinas exercem importantes ações no organismo. Fortalecem o sistema imunológico, nos deixando mais protegidos contra infecções e – muito importante- tem efeitos positivos na saúde cardiovascular. Ajudam a abaixar os níveis da pressão arterial e contribuem para diminuir as possibilidades de infartos, anginas ou derrames.

Na área psíquica os efeitos são evidentes. As endorfinas levantam o astral, aumentam a autoestima e o bom humor e diminuem a irritabilidade, a impaciência, a tensão, a rigidez de atitudes, a ansiedade e o mau humor. E tudo gira em um ciclo: quanto mais exercício, alegria e bom humor, mais endorfina. Por isso o carnaval faz bem para o corpo e, principalmente, para a alma.

Dicas valiosas para aproveitar bem os dias de folia

Mas é de extrema importância, seguir algumas dicas valiosas para que se possa aproveitar bem estes dias de folia, evitando problemas durante esse período e preservando seu corpo e sua mente no feriado:

Saber como se alimentar e se hidratar corretamente durante a folia

Manter o conforto acima da diversão

Cuidar da pele e utilizar protetor solar

Modere o álcool, diga não às demais drogas, mantenha-se bem alimentado. água. 

Ingerir bastante água é fundamental. A princípio, água de coco também é uma ótima pedida para repor os sais minerais perdidos.

Opte por comidas leves, de fácil digestão e nutritivas. Ou seja, mantenha o café da manhã e o almoço reforçados – equilibrando vegetais, frutas, cereais integrais e proteínas. Afinal, são essas refeições que garantem boa parte do combustível e ajudam a diminuir a absorção do álcool no organismo.

Quatro ou mais dias de folia exigem muito das articulações e dos músculos, por isso, é importante alongar e aquecer o corpo antes da maratona de blocos. Além disso, aposte em sapatos confortáveis para proteger seus pés de ferimentos e os joelhos contra os impactos. 

Roupas leves, de algodão. Fique longe de tecidos sintéticos que esquentam mais 

Evite ficar com roupas molhadas por muito tempo, pois podem provocar micoses

Aposte em fantasias que incluem chapéu.  Com toda a certeza você vai unir proteção à diversão. 

Cuide da saúde dos ouvidos e da voz, mantendo uma distância de pelo menos 10 metros da fonte sonora.

Use protetores auriculares de silicone nas crianças

Evite gritar, falar muito alto ou cantar durante muito tempo

Cada pessoa tem um limite – não se deixe levar pela empolgação da multidão

Enfim, cada um tem o seu próprio jeito de ser feliz. O importante é descobrir qual é o seu! Aproveite os dias de carnaval, seja na folia ou no descanso, curta com responsabilidade e lembre-se que cair na folia é muito bom, mas sua saúde corporal e mental também tem que acompanhar de forma equilibrada e saudável.

*Andrea Ladislau é pós-graduada em Administração Hospitalar e Psicanálise e doutora em Psicanálise Contemporânea. Possui especialização em Psicopedagogia e Inclusão Digital. É também graduada em Letras e Administração de Empresas, palestrante, membro da Academia Fluminense de Letras e escreve para diversos veículos. Na pandemia, criou no Whatsapp o grupo Reflexões Positivas, para apoio emocional de pessoas do Brasil inteiro.

Contatos: Instagram: @dra.andrealadislau / Telefone: (21) 96804-9353 (Whatsapp)

Andrea Ladislau colabora para a seção Palavra de Especialista uma vez por mês. Dúvidas e sugestões para [email protected]

Leia mais artigos de Andrea Ladislau

Oscar da vergonha: a comédia acaba onde começa a dor do outro
Você também sofre com a Síndrome da Mulher Maravilha?
Somatização: o grito de socorro da mente refletido no corpo físico
Body Checking: quando o espelho vira um aliado da neurose
Ômicron: como lidar com a positividade que ninguém quer?
O ano termina, nasce outra vez… e o que você fez ou vai fazer?
O legado emocional e afetivo deixado pela pandemia
Felipe Neto e a Síndrome de Burnout associada à depressão
Borderline: a linha tênue entre a euforia e a depressão
Como o câncer de mama impacta a saúde emocional
Entenda a importância da terapia na prevenção do suicídio
Nomofobia: quando a conexão virtual vira síndrome
Síndrome do Pensamento Acelerado: uma nova epidemia
Cancelamento: que cultura é essa que nos dá autoridade para julgar alguém?

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

In the news
Leia Mais